Buscar
  • Helpy

Gig Economy! O que é? E 4 estratégias para se destacar no mercado em 2020.

Atualizado: Set 26

A Gig Economy é o conceito de economia que engloba trabalhadores como autônomos, freelancers e serviços por plataformas como Uber e Airbnb. A Gig Economy é um resultado da flexibilização do mercado de trabalho diante da era digital.


A relação entre clientes e profissionais tem mudado bastante nos últimos anos. Cada vez mais cresce a demanda por flexibilidade e resultado, com menor relevância para o vínculo empregatício direto que muitas vezes se mostra oneroso e pouco produtivo para ambas as partes, contratante e contratado.

Se você está em um processo de mudança de carreira ou deseja aumentar o valor e a escala do seu trabalho, provavelmente já tenha encontrado esse novo mercado da economia, mesmo sem conhecer o termo. Um prestador de serviços precisa se adaptar a esse novo formato de trabalho para se destacar e gerar mais receita.


Quer entender como fazer isso? Então acompanhe nossas dicas!


Primeiro, de onde vem o termo Gig Economy e por que ela está dominando o mercado de trabalho em 2020?


O termo “gig” tem origem em um jargão do jazz britânico usado quando uma banda consegue um contrato para tocar em um evento ou numa noite nos pubs londrinos. Hoje, esse termo foi emprestado à economia para fazer referência aos trabalhadores autônomos, que encontram suas próprias oportunidades e, geralmente, não criam um vínculo empregatício com o contratante. Também conhecida como “economia sob demanda” ou “trabalho por empreitada”.

Com os empregos formais diminuindo e a ênfase no empreendedorismo como forma de crescimento, é esperado que mais profissionais adotem esse estilo de trabalho. Trata-se da melhor estratégia de adaptação às novas demandas do mercado, especialmente para empreendimentos com demanda instável, como é o caso da construção civil. Este processo está sendo ainda mais acelerado devido aos efeitos da pandemia do covid-19 na economia.

A verdade é que a estabilidade não existe, portanto, quanto antes você se profissionalizar na prestação de um serviço mais demanda surgirá para o seu negócio!


Como se destacar no mercado e conseguir mais clientes?


Para sair na frente de sua concorrência e se tornar esse profissional do futuro você precisa tomar algumas atitudes. E rápido.


1. Cadastre-se em plataformas de contratação de serviços.

O primeiro passo para o futuro é incluir seu negócio/serviço no meio digital. Não existe forma mais barata e eficaz de chegar ao maior número possível de clientes e oportunidades do que a internet.

Você precisa ser encontrado!

Sem isso, você já ficará para trás e não vai conseguir fechar negócios com o volume que poderia. Você está deixando de ganhar dinheiro. Se está à procura de algum auxílio para se inserir de vez no mercado ou qualquer outra dúvida relacionada a este ponto, a Helpy te ajuda. Mande um e-mail para a gente dizendo como podemos lhe ajudar (team@helpy.com.br). Estamos aqui para ser seu aliado neste processo para encontrar novas oportunidades de trabalho e gerar cada vez mais renda para você.

2. Invista na captação de novos clientes.

Esse é um ponto chave. Não basta se cadastrar em uma plataforma (como a Helpy, por exemplo) e sentar no sofá esperando que as coisas se resolvam por conta própria. Você precisa ser ativo na plataforma, correr atrás de novos clientes, buscando boas avaliações, anunciar seus serviços de maneira legal mostrando ser um profissional qualificado (leia este artigo onde te ensinamos a criar uma bio atrativa para seu negócio) e fidelizar o público que conseguir. Só assim os algoritmos das plataformas irão favorecer e divulgar o seu trabalho para mais e mais clientes.

3. Formalize seu negócio.

Não sei como expressar a importância de evitar a informalidade, tão comum neste tipo de empreendimento. É claro que, hoje, você não precisa ter um escritório, contador, e toda a burocracia que existe, mas ainda é muito importante ter ao menos um CNPJ, emitir sua Nota Fiscal e estar em dia com suas obrigações fiscais. Isso transmite muito mais credibilidade para o cliente que pretende contratar um serviço. Essa postura profissional demonstra o valor do seu trabalho e reflete diretamente no preço que o seu cliente estará disposto a pagar pelo mesmo serviço.


>> Leia: As 4 dúvidas mais comuns sobre a nota fiscal de mão de obra e material.

A informalidade mata o crescimento do seu negócio!

4. Foque em um ótimo atendimento.

Por fim, mas não menos importante, tenha certeza de atender da melhor maneira possível cada cliente. Eu disse ótimo, não é bom ou razoável. Um cliente satisfeito com seu trabalho voltará a contratá-lo e fará boas recomendações do seu serviço. No longo prazo, isso ajudará na fidelização e no crescimento do seu empreendimento. Portanto, seja prestativo, educado e faça o possível para atender as expectativas do seu cliente.

Agora que você já entende melhor sobre a Gig Economy, é hora de começar a ganhar espaço nesse novo mercado. Com um pouco de dedicação e persistência você vai sair na frente de 90% dos seus concorrentes e terá mais sucesso do que jamais conseguiria no mercado tradicional.

Fique atento as novidades da sua especialidade e não perca mais tempo. Comece já a oferecer seus serviços e captar clientes de maneira rápida e fácil. Cadastre-se em www.app.helpy.com.br


BÔNUS: Gestão inteligente para o futuro do trabalho


Para os trabalhadores da gig economy, que precisam gerenciar seus próprios trabalhos, nada mais importante do que usar uma ferramenta de gestão que consiga te entregar a visão do todo e ainda permitindo que você possa trabalhar de casa ou de qualquer outro lugar. Para isso, você pode contar com a Helpy, nossa plataforma veio para facilitar seu trabalho. Assim você poder dedicar mais tempo para sua família e para seu próprio lazer. Afinal é isso que buscamos ao aderir à este modelo de trabalho mais flexível, não é mesmo?